Por mais raros que ainda sejam os vírus para dispositivos celulares é natural que com o aumento do uso de smartphones pelos usuários de telefonia móvel essa realidade mude com o tempo e cada vez mais sejam criados vírus para estes tipos de dispositivos, reforçando ainda mais a necessidade de proteção do usuário.

 

De fato as primeiras aparições destas ameaças já começaram a se manifestar, sendo que agora no mês de abril de 2010 diversos usuários de celulares Windows Mobile informaram estranhas ligações não autorizadas realizadas a partir de seus telefones para países como República Dominicana, Somália e São Tomé.

 

Estes usuários tinham em comum instalados em seus dispositivos o jogo chamado “3D Anti-terrorist action” que veio acompanhado de um trojan identificado pelo Telium Antivírus como Troj/Terdial-A.

Ações como essas apesar de incomuns não são novidade no mercado, como pudemos acompanhar já no ano de 2004 com o desenvolvimento do trojan Mosqit que se apoderava de dispositivos baseados em Symbian para enviar mensagens SMS sem autorização.

 

As equipes do Telium Antivírus aconselham os usuários de smartphones a ter extrema cautela ao instalar programas em seus dispositivos móveis e sempre manter um software antivírus atualizado para evitar surpresas com sua conta ao final do mês.