Visão sistêmica em Tecnologia da informação.

Autor: Telium Networks, 08/04/2021 às 03:00

A visão é algo peculiar e individual, altamente influenciada pelas suas experiências, influências e aprendizados. Não falamos apenas do ato de “ver”, mas de enxergar e interpretar a informação que você recebe.

Origem

A visão sistêmica deriva do pensamento sistêmico que surge no século XX em contraposição ao pensamento reducionista-mecanicista dos filósofos do século XVII, como Descartes e Newton. O pensamento sistêmico acredita que a ciência não oferece mecanismos suficientes para o desenvolvimento humano e que ela deve ser desenvolvida em conjunto com a subjetividade das artes.

Dentro do pensamento sistêmico está a interdisciplinaridade e desses conceitos deriva a visão sistêmica.

A visão sistêmica

Baseada na teoria geral dos sistemas, a visão sistêmica diz que é necessário enxergar e compreender o todo por meio da análise das partes.

Para aplicá-la, é necessário desenvolver a capacidade de identificar ligações de fatos particulares em um sistema como um todo. O desenvolvimento da visão sistêmica se dá da necessidade de explicações mais complexas.

Entendendo sistemas

Os sistemas são definidos, segundo a visão sistêmica, por algumas características:

·        É composto por partes;

·        Todas as partes se relacionam de forma direta ou indireta;

·        É limitado pelo ponto de vista de um observador ou grupo de observadores;

·        Pode abrigar outros sistemas;

·        Vinculado ao tempo e espaço.

Conceitos fundamentais da teoria geral dos sistemas

Para entendermos as nuances do pensamento sistêmico é necessário conhecer os conceitos fundamentais da TGS:

·        Entropia: todo sistema sofre deterioração;

·        Sintropia: para o sistema continuar existindo ele deve criar forças contrárias à entropia (entropia negativa);

·        Homeostase: capacidade de manter o equilíbrio, adaptando-se ao ambiente;

·        Heterostase: toda vez que o sistema sofre desgaste ele tende a se equilibrar;

Ao aplicar esses conceitos às situações de mundo real, começamos a entender como a visão sistêmica pode ser aplicada. Um exemplo real é a transição do modelo “Fordista” do início do século XX para modelos novos.

 

Transição de modelos

A linha de produção Fordista possuía funcionários altamente especializados em uma tarefa, com pouco ou quase nenhum conhecimento das outras áreas da empresa, o modelo de produto era sempre o mesmo, com pouca ou nenhuma opção para o consumidor. Mesmo o alto escalão do complexo fabril da Ford estava limitado às suas especialidades

Esse modelo impedia uma integração dos setores e das equipes para um desenvolvimento mais sustentável e eficiente da produção. Alguns anos depois, o Fordismo começaria a perder espaço para o “Toyotismo”, que tinha uma visão mais ampla do negócio, olhando a demanda externa e adaptando o negócio como um todo ao mercado.

Foram essas pequenas transições do início do século passado que eventualmente abririam espaço para a visão sistêmica de negócios, uma vez que modelos limitados acabavam por não satisfazer completamente os consumidores e perdiam espaço.

 

Aplicação dos conceitos

Podemos interpretar essa força do mercado como a entropia, que está deteriorando um sistema e os novos modelos que surgem como a sintropia, adaptando o sistema para que ele continue funcionando.

 

Visão sistêmica em projetos de TI

Das primeiras aplicações da visão sistêmica até a era da informática, existem grandes mudanças de ambiente. O setor de TI, por exemplo, é um sistema que contém inúmeros outros sistemas em si, fundamentais para a atividade empresarial.

Essa característica torna a ideia de um pensamento reducionista em grande escala muito desvantajosa para o setor, que pode perder eficiência ao ignorar o todo.

Claro, a visão reducionista tem seu valor e aplicação pontuais, porém, no contexto atual, a necessidade de entender o todo e tomar decisões baseadas em como cada sistema se interliga, e entender seu funcionamento e complexidade é imperativo e ignorar o ambiente em favor de visões conservadoras pode comprometer o desempenho e gerar desgastes irreparáveis ao sistema.

 

Nuvem de tags