Servidores – Compartilhado, VPS ou Dedicado?

Autor: Telium Networks, 20/05/2021 às 11:00

 

Uma das decisões mais importantes que se deve levar em conta na hora de construir e colocar um site no ar é a escolha do seu servidor. As variáveis que devem ser levadas em conta na hora dessa decisão são os custos, desempenho e número esperado de acessos. Dependendo do que se espera, a escolha por cada tipo de servidor irá variar, como iremos explorar na sequência.

Servidor compartilhado

O servidor compartilhado é a escolha mais barata, pois a contratação é por um hardware não exclusivo, ou seja, um mesmo computador atende mais de um cliente e seus sites. Essa é uma ótima opção para aqueles que buscam criar sites menores, com poucos acessos e que não terão uma demanda tão alta por processamento.

Em um servidor compartilhado, a capacidade de processamento é limitada por uma cota previamente definida pela empresa, o que pode limitar a velocidade de navegação de usuários em caso de um volume muito grande de acessos. 

Servidor dedicado

O servidor dedicado é uma opção usualmente escolhida por empresas maiores, por envolver custos operacionais maiores e a necessidade de um investimento mais robusto. Entre os investimentos requeridos para a estruturação de um servidor dedicado estão o departamento de TI, com uma infraestrutura predial, hardware e um time de profissionais qualificados. Para diminuir um pouco os custos do investimento inicial necessários para estruturar um servidor, é comum que as empresas contratem um servidor dedicado já alocado, com fornecedores especializados.

Obviamente, um servidor dedicado oferece muitas vantagens em relação a um compartilhado. Entre elas podemos elencar a estabilidade, fundamental para manter o site bem ranqueado no Google e para não perder negócios, vendas e acessos; uma maior margem de limite de número de acessos simultâneos; segurança, já que em um servidor alocado seu site não compartilha nenhum tipo de informação ou acesso com outros, tornando menos vulnerável a qualquer brecha de segurança.

Na contratação de um servidor dedicado a empresa pode escolher se fica responsável pelo monitoramento do hardware ou se isso ficará a cargo da contratada.

VPS

Uma outra opção é a contratação do VPS. VPS é a sigla para “Virtual Private Server”, que em tradução livre quer dizer servidor virtual privado. Assim como o servidor dedicado, o VPS é um servidor exclusivo, não compartilhado. Diferentemente do servidor alocado, porém, o VPS é um servidor virtual, o que significa que será feita uma divisão de um servidor físico que será dedicado exclusivamente ao seu site.

O VPS é uma opção bastante útil para aqueles que possuem demandas que extrapolam as capacidades de um servidor compartilhado, mas que não possuem a estrutura ou a capacidade de investimento para estabelecer um servidor dedicado para seu site.

Se você está pensando em colocar um site no ar e precisa conversar sobre as diferentes opções de servidores e outras questões como painéis de hospedagem, entre em contato com a nossa equipe. Estamos de prontidão para tirar todas as dúvidas e tirar o seu projeto do papel.

Nuvem de tags