Por que o monitoramento de redes deve ser prioridade da equipe de TI?

Autor: Telium Networks, 03/07/2019 às 12:00

A transformação digital está trazendo uma nova era para empresas no mundo todo: mesmo que a TI não faça parte do core de seu negócio, ela será cada vez mais fundamental para o seu sucesso.

Neste texto, queremos explorar um pouco mais essa afirmação discutindo sobre o monitoramento de redes, uma rotina que permite a empresa se tornar mais produtiva, ter mais segurança nos seus dados e agilidade em sua operação. Vamos começar?

Por que é importante fazer o monitoramento de redes?

O primeiro passo nessa nossa conversa é definir sua importância. Isso vale para gerentes de TI que tratam o monitoramento de rede como algo secundário e aqueles que têm dificuldade de convencer as outras diretorias de como investimento em tecnologia significa crescimento para a empresa.

O monitoramento de rede é um processo que busca acompanhar ativamente o seu desempenho com ferramentas e mecanismos de detecção que apontem falhas, brechas e comprometimentos no tráfego antes que isso seja percebido pelo usuário ou explorado por uma pessoa mal intencionada.

Também é importante para controlar e otimizar a interação entre a rede local da empresa e a internet, possibilitando o uso de cloud computing sem diminuir a performance ou criar elos fracos por todo o fluxo produtivo.

Ou seja, o monitoramento de redes está diretamente ligado hoje à forma como uma empresa trabalha e a qualidade do serviço ou produto que ela entrega.

E quanto mais os dados de uma empresa têm valor para suas estratégias, quanto mais a tecnologia tem papel na automação e na eficiência da operação, mais cuidado a rede exige para alcançar esse potencial.

Portanto, não dá para tratar mais esse monitoramento como uma atividade secundária de apoio. Uma rede poderosa, ágil e otimizada é a base para a produtividade no futuro.

Qual a relação entre monitoramento e cyber segurança?

Podemos estender ainda mais essa importância falando sobre o que o monitoramento de redes significa para a segurança da informação em um ambiente corporativo.

Assim como acompanhar e otimizar o desempenho, ter um controle próximo do tráfego nas redes locais e remotas permitem à TI uma visão muito mais abrangente da visualização e uso de dados dentro da empresa.

Esse é um cuidado em duas pontas: primeiro, busca-se prevenir brechas e possíveis falhas que possam ser exploradas por criminosos.

Em seguida, cria-se um protocolo e ferramentas de resposta que consigam conter problemas antes que eles comprometam de verdade a produtividade e a confidencialidade de informações.

Quais as vantagens do monitoramento de redes?

Nós apontamos os pontos gerais sobre o assunto, mas dá para te convencer ainda mais em olhar com carinho e prioridade para o monitoramento de redes. Como? Vamos destrinchar algumas das vantagens que o processo pode trazer para a sua TI e toda a empresa. Confira:

Detectar qualquer alerta na rede antes que o usuário possa notar a falha

Falamos um pouco sobre isso já, mas queremos reforçar o quão importante é identificar e corrigir problemas de rede antes que eles afetem a produtividade.

Quando há indisponibilidade ou algum comprometimento do sistema empresarial, a escalada da falha pode significar horas ou até dias com uma rede indisponível, lenta ou intermitente.

Quanto mais a empresa se apoia na cloud para seus fluxos de operação, mais prejuízo é causado por esse tipo de situação. Monitorar a rede de perto permite evitar a crise antes que ela aconteça.

Redução de custos

Além de evitar os prejuízos para a empresa, um bom controle da rede permite ter mais desempenho do sistema dentro da infraestrutura que você já tem, sem grandes novos investimentos.

Além disso, dentro desse controle é possível encontrar ideias e estratégias que simplifiquem, automatizem e agilizem processos produtivos, melhorando ainda mais a eficiência com os recursos existentes.

Otimizar processos de automação de tarefas

A automação vem se tornando uma rotina para empresas em todos os setores, mesmo que a tecnologia não seja o centro de suas operações.

Por isso a TI é tão importante para o futuro. Um monitoramento bem planejado cria um ambiente otimizado, tanto para a gerência da rede quanto para a sua utilização.

Produtividade não será afetada devido à prevenção

Alguns profissionais insistem em pensar no monitoramento e na manutenção de ativos tecnológicos como algo que diminui o potencial da produtividade.

Isso não pode estar mais longe da verdade. Uma rede eficiente e bem gerida é o que permite todos os departamentos acessarem dados e trabalharem com eles de forma rápida e segura, sem se preocuparem com muitos processos de prevenção.

Ou seja, a TI, com a prevenção, tira algum peso do ombro de todos os colaboradores — um tempo a mais e um foco maior para as tarefas que realmente impactam no sucesso do negócio.

Detectar erros comuns no monitoramento do tráfego de redes

Com todas essas vantagens somadas, mais a segurança e a performance de uma rede integrada, é muito mais fácil para a sua equipe detectar e corrigir erros comuns de acompanhamento.

Esses erros podem ter a ver com a dificuldade de mensurar e analisar informações sobre desempenho, não saber lidar com a instabilidade da rede e não ter um planejamento de implementação a longo prazo.

Quando esse trabalho é feito aos poucos e com uma estrutura definida, dentro da rotina da TI, você troca os grandes problemas por soluções rápidas.

Como monitorar a rede pode auxiliar em análises e tomadas de decisão?

Por último, queremos citar um último aspecto do monitoramento de redes: como você e sua equipe podem utilizar esse poder como ferramenta de negócio.

Como a rede hoje é a espinha da produtividade de uma empresa, que se espalha por todos os departamentos, uma visão próxima desse ponto central pode permitir encontrar problemas crônicos de gestão e operação que antes só poderiam ser vistos como casos isolados.

Isso é mais poder para a TI influenciar no negócio, pois essas informações mais embasadas levam a ações e estratégias mais efetivas.

Além disso, indicadores coletados e comparados de forma padronizada em um acompanhamento centralizado podem dar uma ideia melhor sobre como alocar o orçamento da TI.

Troca de aparelhos, expansão da infraestrutura, contratação de soluções como serviço e aumento de recursos, todas essas questões serão levantadas com o aumento da performance de rede em mente.

Ou seja, investir focando em como a tecnologia pode impactar a empresa como um todo.

Como investir no monitoramento de redes?

Um bom monitoramento de redes exige três fatores principais:

  • um link confiável e com performance;
  • um planejamento voltado para o monitoramento, com metodologias, padrões e ferramentas;
  • um gerenciamento adequado na implementação dessas estratégias, para transformar em realidade rotineira os processos desenhados.

Quando você une todas essas características em uma TI responsável e focada no sucesso do negócio, o monitoramento de redes se torna mais uma arma no mercado.

É realizar de vez o que diz a transformação digital: o uso de inteligência de dados, colaboração e segurança para tornar a tecnologia um diferencial de negócio.

Mas sabia que dá para maximizar ainda mais essa estratégia de monitoramento de redes contando com uma parceria especializada? Entre em contato conosco! A Telium é uma provedora de soluções de internet, oferecendo links dedicados, colocation e gerenciamento de redes corporativas.