Por que a maioria dos datacenters fica no exterior?

Autor: Telium Networks, 18/11/2019 às 12:00

Uma tendência que pode estar mudando, mas ainda é bastante comum que muitos dos data centers utilizados pelas empresas estejam localizados fora do país. Afinal, por que utilizamos tantos data centers no exterior?

Para responder a essa pergunta primeiro é preciso saber o que é um data center.

  

O que é um Data Center?

  

O data center, também conhecido como centro de processamento de dados, é onde são armazenados dados e informações de sistemas e servidores por empresas que operam na internet prestando serviços como provedores, permitindo também que esses serviços estejam operantes de maneira ininterrupta. O data center é uma peça fundamental de um sistema de TI corporativo já que ele é o ambiente onde são armazenados todas as informações da companhia, desde dados sigilosos até publicações no blog institucional.

     

Por quê no exterior?

  

Países mais desenvolvidos e com uma maior diversidade de empresas que prestam serviços de internet como provedores corporativos tendem a oferecer uma maior variedade de serviços com um menor custo, por isso, é muito comum que, mesmo daqui do Brasil, muitas dos seus data centers sejam contratados. Porém, esse é um cenário que vem sendo alterada ao longo dos anos por conta de uma mudança na tributação, ocorrida em 2014. Atualmente, um total de seis diferentes impostos incidem sobre a contratação desse serviço, o que pode aumentar o valor cobrado pelo fornecedor em até 50%, tornando os serviços oferecidos em solo nacional, mais competitivos. De modo geral, tal situação tem contribuído para o desenvolvimento do setor no país.

     

Outra vantagem que pode pesar na balança para que uma empresa opte, hoje em dia, pela contratação de um data center nacional é o tempo de resposta, que impacta tanto a usabilidade dos colaboradores, quanto dos visitantes do site, blog o marketplace da companhia. Um aspecto puramente físico, mas com consequências diretas no negócio.

  

Além dos custos e do tempo de resposta, data centers no Brasil possuem ainda dois atrativos em relação a seus concorrentes internacionais: a não vinculação ao dólar e a segurança dos dados.

     

A não vinculação ao dólar é uma vantagem óbvia dado o cenário de instabilidade e possível escalada do câmbio. Já em relação à segurança, data centers locais oferecem uma possibilidade de contingenciamento mais rápido de possíveis emergências tanto pela localização quanto pela facilidade de comunicação entre empresa e fornecedor, o que, em casos como esses, pode ser fundamental para diminuir, ou mesmo neutralizar, prejuízos.