Padrões de rede 5g – Chegou o momento de mudar de tecnologia?

Autor: Telium Networks, 29/01/2021 às 12:00

Você realmente conhece a internet?

Afinal, algo que desempenha um papel tão fundamental na sua vida merece um pouco de atenção, não é mesmo?

A origem da internet surge em 1969 no auge da guerra fria como objeto de pesquisas militares, com o objetivo de interligar laboratórios de pesquisa e até então, chamada de Arpanet.

Foi no mesmo ano de 1969 que o primeiro e-mail da história seria enviado.

O público, porém, só iria desfrutar realmente da tecnologia nos anos 2000 com a popularização da internet banda larga, uma vez que a antiga rede “dial-up” não permitia um uso eficiente.

Do primeiro e-mail às conexões sem fio foram 5 décadas e diversas inovações, diferentes padrões de tecnologia que foram adicionando novas possibilidades nas vidas das pessoas.

Hoje, é praticamente impossível que empresas operem desconectadas e que nós possamos aproveitar nossas vidas com a mesma conveniência sem a internet.

Do fixo ao móvel

Durante um bom tempo a forma mais prática de aproveitar a internet era através das conexões via cabos seja Dial-UP (Discada) ou ADSL (Banda larga).

As tecnologias foram mudando aos poucos para acomodar a crescente demanda e logo começaram a surgir as primeiras redes móveis.

Incrivelmente limitadas e lentas as primeiras opções de conectividade móvel eram decepcionantes.

Mas assim como a internet discada evoluiu para as redes banda larda e atualmente disfrutamos velocidades incríveis com as conexões em fibra ótica, as redes móveis evoluíram rapidamente e ganhando uma incrível popularidade com o sinal 3G, que possibilitava uma ótima velocidade de acesso e boa estabilidade.

Não demoraria, porém, para que o 3G começasse a perder espaço para a tecnologia 4G, muito mais veloz e confiável.

O novo padrão do futuro.

Sabemos que mesmo tecnologias incríveis acabam durando pouco tempo, logo cedendo espaço para opções mais novas e avançadas.

Com isso, aos poucos o 4G LTE irá dar espaço ao 5G NR.

A tecnologia 5G opera em velocidades muito mais altas que os formatos antigos, conseguindo ser até 100 vezes mais rápido que seu predecessor.

Isso abre a porta para inúmeras possibilidades e uma boa dose de teorias da conspiração que chegam a ser um tanto cômicas.

Como opera o 5G

O 5G trabalha, usualmente em frequências diferentes dos demais para evitar interferências, no entanto, em alguns países, como é o caso do Brasil, as primeiras operações estão sendo feitas no padrão LTE.

Isso significa que as operadoras TIM, VIVO e Claro estão utilizando as suas linhas 4G para fornecer o padrão novo.

Por outro lado, o padrão mais utilizado mundialmente é o n78 3.5GHz, padrão que as operadoras TIM e Claro também possuem serviço, ainda em fase pré-comercial.

Quando terei acesso ao 5G

O acesso ao novo formato depende da disponibilidade de serviço das operadoras, compatibilidade do aparelho móvel e principalmente área de cobertura.

Por se tratar de um novo padrão, deve levar alguns anos para que as operadoras possam implantar uma área extensa e relevante para fornecer o serviço para sua base de assinantes. Isso significa que se você estiver longe das grandes capitais é bem provável que o serviço leve algum tempo para ficar disponível.

Satisfação

O fato do 5G entrar no mercado não significa que os formatos 4G e 4.5G ficarão automaticamente obsoletos.

Muito pelo contrário, essas tecnologias ainda atendem à demanda de dados atual com um ótimo desempenho.

E para aqueles que não podem esperar para utilizar velocidades altíssimas de conexão, a solução é sair das redes móveis e se conectar a uma rede de fibra ótica de alta velocidade!

Nuvem de tags