APIs e os pilares para infraestrutura openbanking.

Autor: Telium Networks, 29/10/2021 às 03:00
APIs e os pilares para infraestrutura openbanking.

Imagina ter um serviço financeiro criado de maneira personalizada para atender às suas necessidades. Não estamos falando das propagandas que vemos na televisão falando de “bancos feitos para você” e sim de um serviço que de fato irá analisar os seus padrões de consumo e necessidades para te oferecer algo realmente sob medida.

Imaginou?

Parece coisa de milionários que têm tratamento especial nas instituições financeiras, mas na verdade, tudo isso estará ao alcance da maior parte da população muito em breve.

Para entender como isso é possível, precisamos entender dois conceitos, “API” e “OpenBanking”.

O que são API’s?

Um conjunto de definições e protocolos usados no desenvolvimento e na integração de software e de aplicações.

A frase acima não quer dizer muita coisa, não é?

Vamos simplificar.

A API é um programa menor que permite que sistemas diferentes se comuniquem. Por exemplo, quando você entra em um e-commerce e preenche seu endereço para calcular o frete, existe uma API responsável por comunicar o site dos correios e te devolver as informações de valor do frete.

O mesmo é verdade para aplicações que se relacionam de alguma forma com o facebook, como os cadastros facilitados que pegam suas informações diretamente da plataforma para agilizar o processo de criar uma conta nova naquele sistema.

Dessa forma, a API permite que sistemas diferentes se comuniquem e que programadores desenvolvam novas aplicações para diferentes plataformas.

O que é OpenBanking?

O sistema OpenBanking é um sistema de compartilhamento de dado padronizado. Dessa forma, as instituições financeiras têm acesso aos seus dados de maneira mais completa, podendo realizar análises e oferecer soluções de maneiras mais ágeis e personalizados.

Como API e OpenBanking se relacionam?

Para que as diferentes instituições financeiras possam ter informações padronizadas, o acesso é feito por meio de uma API, que permite a comunicação de informações.

Assim, a API é o pilar que permite que as funções do OpenBaking sejam realizadas.

É seguro?

Os protocolos de segurança são os mesmos exigidos para os bancos, portanto, o OpenBanking terá as mesmas proteções de sigilo bancário.

As empresas podem fazer o que quiserem com meus dados?

Não. Conforme a LGPD, todo o tratamento de dados sensíveis deve ser informado e autorizado pelo titular, podendo ser revogado a qualquer momento.

Seus dados ficaram disponíveis somente com o seu consentimento e pelo tempo que você permitir.

Conclusão

As APIs são recursos fundamentais para o funcionamento da web de hoje em dia, de forma que sem elas, boa parte das suas atividades rotineiras online não seriam possíveis.

Já o OpenBanking é um sistema que irá usufruir desse recurso para fornecer um serviço de maior qualidade ao cliente, porém, ficará ao seu critério se a opção é útil para você.

 

 

Nuvem de tags