Após determinado período utilizando serviços na nuvem você adquiriu confiança na plataforma e migrou todos os seus dados para lá. Um belo dia você acorda e recebe a notícia de que seu provedor está a beira da falência e irá encerrar as operações em breve.
 
Você irá conseguir extrair todos os dados armazenados nos servidores? Incluindo o sistema operacional, aplicações e customizações feitas ao longo do tempo?
 

Colocando ainda de forma mais simples, você consegue obter, de forma fácil, seus dados armazenados na nuvem para migrar de um provedor para outro?
 
Esta é uma questão que está preocupando os CIOs ao redor do mundo. A tarefa de obter os dados que estão na nuvem pode não ser algo tão simples de resolver, vai depender da plataforma do seu provedor de nuvem e como ele encara essa necessidade.
 

Causas comuns para encerramento de contrato
 

Enquanto a maioria das empresas estão focadas em soluções de migração para nuvem, algumas poucas estão pensando no fim de jogo, quando os contratos terminam.
 
Diferentes razões para o fim do contrato:
 

• Aumento excessivo e não previsto nos valores ou não cumprimento do nível de serviço está forçando você a considerar a migração para outro provedor.
• O provedor está acusando você de violar os termos do contrato (relacionado a coleta de dados, a política de utilização ou violação de propriedade de conteúdo), o que pode acarretar em uma suspensão dos serviços ou até mesmo o término do contrato. Por exemplo, se o seu negócio for processado por violação de direitos autorais o provedor pode não querer correr o risco de manter seus dados nos servidores (caso wikileaks).
• A performance necessária pelo seu negócio pode exigir um provedor melhor.
• Suas necessidade de negócio mudaram e você poderia seguir operando com um serviço diferente.
 

Existem inúmeras razões para o término do serviço e este não é um fato tão incomum. Sendo assim, você precisa de um plano para casos como estes.
 

Cuidados para garantir que sua empresa consiga obter os dados
 

• Seu contrato de serviço possui uma cláusula que permita retirar os dados a qualquer momento?

• Como você irá obter os dados? Se é oferecido apenas uma interface web para download de todos os dados, o que pode ser um problema para grandes volumes. Imagine baixar os dados do seu servidor de email, com uma ocupação média de caixa postal em 5Gb, para 10000 funcionários. Verifique se o provedor oferece a opção de enviar discos físicos a um custo razoável.

• Quão breve você consegue baixar os dados e por quanto tempo eles estarão disponíveis depois de encerrado o contrato?

• Em qual formato você receberá as informações? É um formato proprietário? Existem ferramentas que consigam converter este formato para outro mais comum?

• Quão difícil será limpar e converter os dados para que possam ser utilizados em outro provedor?
 

Dados é um elemento crucial para operação de uma empresa e é essencial que você considere o quão fácil será obtê-los e utiliza-los fora da plataforma do seu provedor atual.
 

Fonte: Cloud Tweaks (http://www.cloudtweaks.com/)